ANO DA CONSTITUIÇÃO

ESCOLA DO LEGISLATIVO REALIZA PROJETO DE ENSINO DA CONSTITUIÇÃO EM DEZ ESCOLAS PÚBLICAS DE MARABA EM PARCERIA COM A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.

Em comemoração aos 30 anos da promulgação da Constituição Federal, a Escola do Legislativo de Marabá em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, está desenvolvendo o Projeto Conhecendo a Constituição em Miúdos em 10 escolas selecionadas da rede municipal, que são: Escola Deuzuita Melo, Escola Josineide Tavares, Escola Paulo Freire, Escola Irmã Theodora, Escola Martinho Mota da Silveira, Escola Pedro Peres Fontenelle, Escola Salomé Carvalho, Escola Judith Gomes Leitão, Escola Geraldo Veloso e Escola São Félix.

A iniciativa proporciona o contato dos estudantes de 6º ao 9º ano com a Constituição, através de uma linguagem mais acessível e lúdica, usando como base o livro Constituição em Miúdos produzido pela professora Madu Macedo, da Escola do Legislativo de Pouso Alegre, Minas Gerais.

O projeto é parte do Plano de trabalho da Elmar e cumpre um dos objetivos de sua existência que é aproximar a sociedade do Poder Legislativo e difundir o conhecimento político para os estudantes. Vale ressaltar, que este será um projeto piloto que servirá como experiência para possível inclusão do ensino da Constituição na rede municipal de ensino.

O trabalho  justifica-se pela necessidade de debater temas transversais na sala de aula, como recomenda o artigo 26, § 7oda lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e esse tema em especial, o estudo da Constituição, faz-se necessário, pois prepara o aluno para o exercício da cidadania, conforme preceitua o artigo 205 da Constituição Federal, além de expandir a noção cívica dos nossos estudantes, ensinando-lhes sobre seus direitos e deveres constitucionais, para que compreendam a importância de ser um cidadão consciente.

Assim, acreditamos que a compreensão da Constituição Federal Brasileira é importante, pois serve de base para todas as outras leis e ordenamentos que os discentes deverão seguir ao longo de suas vidas. Dessa maneira, o projeto visa disponibilizar informação e conhecimento aos alunos para que eles desenvolvam um pensamento crítico e entendam a sociedade em que vivem.

Até o dia 30 de maio as escolas envolvidas entregaram os resultados dos trabalhos desenvolvidos nos 6º, 7º e 8º anos e dia 22 de junho, as 14h no Plenário da Câmara acontecerá a 2ª fase da Gincana Cidadã entre as turmas de 9º ano, que serão representadas por dez equipes, pré-selecionadas nas escolas. Venha prestigiar esse grande momento.