NOVEMBRO AZUL: Câmara reforça importância de prevenção do câncer de próstata

Na manhã desta quarta-feira, dia 6 de novembro, a Câmara Municipal de Marabá realizou Sessão Especial do Novembro Azul, com apoio da Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. O evento contou com a participação do secretário municipal de Saúde, Luciano Lopes Dias; da diretora do 11º Centro Regional de Saúde da Sespa em Marabá, Etiene Maria; Odilon Vieira Neto, coordenador da área de Segurança da Secretaria Regional de Governo; Júlio Neto, representando a Subseção da OAB Marabá; e coronel Moreira, representando o general Carlos Henrique Teche, comandante da 23ª Brigada de Infantaria de Selva.

Na abertura do evento, médicos da rede municipal realizaram palestras, fizeram atendimentos e o CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento) disponibilizaram testes rápidos (HIV, sífilis, hepatites virais), aferição de PA e teste de glicemia. Também houve distribuição de preservativos e até tickets para corte de cabelo.

O presidente da Câmara, vereador Pedro Corrêa, deu início ao evento lembrando que o Legislativo municipal se integrou à campanha por iniciativa do ex-vereador Guido Mutran, com o objetivo de conscientizar os homens acerca da necessidade de exames preventivos que possam diagnosticar precocemente o câncer de próstata.

Em seguida, Pedrinho passou a presidência da sessão ao vereador Nonato Dourado. “Desde 2018, o vereador Nonato Dourado abraçou a causa, dedicando-se à organização da sessão. Por isso, numa forma de reconhecer o esforço e a dedicação dele, temos a honra de convidá-lo para conduzir esta sessão”, finalizou Pedro Corrêa.

Nonato Dourado iniciou seu discurso dizendo que o intuito da Câmara e dos vereadores é de que os homens possam estar atentos à prevenção de doenças e aos cuidados da saúde, de forma integral. “No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata. A única forma de garantir a cura é com o diagnóstico precoce”.

Nonato Dourado agradeceu a parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e parabenizou pela ampla programação que está sendo divulgada para o Novembro Azul nos centros de saúde da cidade e da zona rural.

O secretário Luciano Lopes Dias elogiou a Câmara e o vereador Nonato Dourado pela iniciativa de alertar os homens sobre o câncer de próstata por meio da campanha Novembro Azul. Ele revelou que mais de 3.000 procedimentos foram realizados no Outubro Rosa, com consultas, exames, entre outros procedimentos envolvendo as mulheres, o que ajuda a reforçar a atenção básica. “Esta campanha ajudará a atrair um público reticente com exames e consultas, que são os homens. Sabemos que o diagnóstico tardio ajuda a aumentar as mortes por câncer de próstata. Embora seja essa a doença que atinja pessoas com mais idades, começamos a atender pacientes a partir de 40 anos de idade”, explica.

Ele também informou que a SMS está reforçando o atendimento diário aos homens no Centro de Saúde Pedro Cavalcante, no Bairro Amapá. “Temos meta a atingir e vamos reforçar as ações para que esse público seja alcançado. Temos 13 postos na zona urbana e vários outros na zona rural para atender esta população neste mês de novembro”, observa Dias.

O secretário revelou que a Prefeitura já investiu algumas centenas de milhares de reais em campanhas extra muro para áreas mais vulneráveis do município, principalmente a zona rural, atendendo pedidos das comunidades e da própria Câmara Municipal. “Estamos avançando, embora ainda tenhamos muito a melhorar”, reconheceu.

Luciano Dias lembrou que o atendimento de saúde nos hospitais e unidades básicas de saúde é maior do que a demanda especificamente do município de Marabá, alcançando mais de um milhão de habitantes da região.

Etiene Maria, da Sespa, reconheceu que é preciso continuar fortalecendo a campanha do Novembro Azul para quebrar preconceito social. Observou que há outras causas de mortalidade masculina que podem ser evitadas, mas que o adiamento acaba estendendo a solução para um depois que nunca chega. “O cuidado com a saúde é tripartite e a Sespa tem feita a parte dela, trabalhando com prevenção. O Estado está presente nas ações de combate e de prevenção na saúde em Marabá, tratando e orientando a população”, reconheceu.

O evento contou ainda com palestras dos médicos Wilde Cavalcante, Gilberto Alexandre e Tatiana Carvalho, que falaram sobre prevenção e diagnóstico de câncer de próstata e outras mais comuns no homem.