Prefeito Tião Miranda presta contas aos vereadores e comunidade

Após a exposição dos números e a fala do prefeito, vereadores e representantes da comunidade discursaram

Na manhã desta quarta-feira, dia 30, o prefeito Tião Miranda compareceu à Câmara Municipal de Marabá para participar de uma audiência pública promovida pelo Legislativo para apresentar aos vereadores e à comunidade local a prestação de contas do primeiro quadrimestre deste ano de 2018.

Na abertura dos trabalhos, o presidente da Câmara, Pedro Corrêa Lima, lembrou que a referida prestação de contas é garantida pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), mas que havia nove anos que um gestor municipal não vinha à sede do Poder Legislativo para apresentar o balanço das contas públicas, mostrando quanto arrecadou, quanto e onde investiu.
Em seguida, Pedro Corrêa passou a condução dos trabalhos para a Comissão de Finanças da Câmara, que tem como presidente o vereador Beto Miranda, acompanhado dos colegas Gilson Dias, Ronisteu Araújo e Frank Varão. Também compareceram ao evento diversos secretários municipais da atual gestão, líderes comunitários e dezenas de marabaenses, sem contar as centenas de pessoas que acompanharam a transmissão da audiência pela Internet.
Os valores de receita e despesa foram mostrados em um telão e detalhados pelo secretário municipal de Planejamento e Gestão, Karam El Hajjar. Ele explicou que são números complexos, cujos cálculos mudam constantemente, conforme a legislação federal.
Por meio de tabelas, foi possível ao público saber que da previsão – em valores atualizados – de R$ 792.882.981,16, já foram investidos 33,9%, relativos à quantia de R$ 270.136.607,63. Karam detalhou os investimentos em todos os setores e demonstrou que o governo municipal vem aplicando o dinheiro público com responsabilidade, embora com austeridade, sem deixar, no entanto, o município em situação financeira difícil, diferentemente de outras prefeituras da região.
Sebastião Miranda Filho, por seu turno, disse que é importante que a população entenda que não se pode administrar uma prefeitura em que as despesas sejam maiores que as despesas, daí seu modo de administrar, o que tem proporcionado a Marabá o equilíbrio financeiro.
Disse que, graças a esse equilíbrio, já em julho próximo vai pagar a metade do 13º salário a todo o funcionalismo, pois, para não encontrar dificuldades para pagar o abono, desde o início de cada ano já separa um doze avos do valor da folha e isso possibilita com que a administração não fique sem saber de onde tirar dinheiro no final de cada ano. “É um exercício fiscal enorme, já que a nossa folha de pagamento hoje está por volta de R$ 30 milhões”, salientou o prefeito.
O prefeito fez ainda um breve relato das obras já concluídas na administração dele, como reformas de escolas, reforma e construção de praças, reforma de postos de saúde, entre outras, e falou ainda da retomada das obras deixadas pelo governo passado, entre as quais a construção de creches na cidade, na zona rural e o asfaltamento de dezenas de vias públicas.
Após a exposição dos números e a fala do prefeito, vereadores e representantes da comunidade discursaram e fizeram questionamentos, tanto para Karam quanto ao próprio prefeito, que não se furtaram em responder às indagações e esclarecer as dúvidas que ficaram após a exibição das tabelas.