Projeto Rios de Encontro entrega mudas de árvores para vereadores

Na sessão ordinária desta terça-feira, 10 de dezembro, a tribuna da Câmara foi ocupada por representantes do Projeto Rios de Encontro, que falaram sobre a Turnê “Rios Voadores”, realizada na Europa, nos últimos 2 meses. 
Manoela Souza, uma das representantes do projeto, disse que jovens percorreram a Europa com instrumento Amazônico e uma carta de alunos da Escola Irmã Theodora de Marabá. “Essa carta foi traduzida em cinco línguas e foi distribuída para mais de 15 mil crianças e adolescentes”, sustentou. 
Manoela ainda falou que a turnê teve duração de 2 meses e os jovens realizaram 24 apresentações e 48 atividades com escolas de países como Bélgica, Holanda e Alemanha. “Os jovens encerraram a turnê durante o Encontro Mundial da Aliança Unida, com representantes de mais de 40 países”. 
Dan Baron, coordenador geral do Projeto Rios de Encontro, lembrou que hoje, dia 10 de dezembro, ocorre em Madrid a Conferência do Clima da ONU sobre as mudanças climáticas, denominada de COP 25. “A conferência está sendo tratada como a última chance da humanidade. Hoje foi publicado um grande pacto europeu em uma cooperação para lidar com a emergência climática. Os jovens que nos acompanharam na turnê foram a voz amazônica na Europa. Marabá tem cultura, mas falta economia e políticas sustentáveis. Falta projeto municipal e regional liderado por políticos nesse sentido, pelo pacto ecológico mundial”.  
Em seguida, Dan Baron pediu para entregar uma planta para cada vereador com um projeto de replantar a floresta. “Se a gente não pega essa informação para plantar essas sementes, o mundo vai acabar”.
O coordenador do projeto revelou que 24 municípios e escolas europeias querem colaborar com políticas sustentáveis. “Temos de mostrar que aqui tem consciência ambiental, projeto ecológico e uma cidade que não vai exportar cinzas tóxicas, mas que exporta esperança”. 
Por fim, os vereadores e coordenadores do Projeto fizeram uma foto com a entregas das mudas aos vereadores.
O presidente da Câmara, vereador Pedro Corrêa, parabenizou o projeto e disse que é importante a preservação do meio ambiente em todo o planeta.